Faltam...

Daisypath Happy Birthday tickers

29 dezembro 2011

Cedo o meu lugar

Gosto mesmo é do refrão....


Eu não quero ser
Eu não quero pedir
Mas estou a perder
E não sei que fazer mais

O que eu era desapareceu
E quando falo parece, parece
Que não sou mais eu

Tento encontrar-me, desenrascar-me
Já faço a cama
Ando ocupada a tentar fugir de ti
Mas mais longe é mais perto
Mais difícil fazer o correto do que estar certo

Por isso…


Cedo o meu lugar a quem te mereça
Que decore os teus planos e que não se esqueça
Cedo o meu lugar a quem te mereça
Que te dê tudo e que nem pareça
Cedo o meu lugar a quem te mereça
Que fique do teu lado e que não esmoreça
Cedo o meu lugar…
Mas a seguir peço para voltar


Para mim nunca foi um jogo
Foi apenas um retrato
Onde ficávamos bem os dois
Onde as dúvidas são p'ra depois
Gosto mesmo de ti
Mas tu nunca estás...
Nunca estás aqui

Por isso…

Cedo o meu lugar a quem te mereça
Que decore os teus planos e que não se esqueça
Cedo o meu lugar a quem te mereça
Que te dê tudo e que nem pareça
Cedo o meu lugar a quem te mereça
Que fique do teu lado e que não esmoreça
Cedo o meu lugar…
Mas a seguir peço para voltar

( É que eu gosto mesmo de ti
Eu gosto mesmo de ti )

Tento encontrar-me, desenrascar-me
Mas quanto mais longe mais perto de ti
O que eu era desapareceu
A culpa percebe eu não sou mais eu

Cedo o meu lugar a quem te mereça
Que decore os teus planos e que não se esqueça
Cedo o meu lugar a quem te mereça
Que te dê tudo e que nem pareça
Cedo o meu lugar a quem te mereça
Que fique do teu lado e que não esmoreça
Cedo o meu lugar… (A culpa percebe eu não sou mais eu)
Cedo o meu lugar…

Cedo o meu lugar a quem te mereça
Que decore os teus planos e que não se esqueça
Cedo o meu lugar a quem te mereça
Que te dê tudo e que nem pareça
Cedo o meu lugar a quem te mereça
Que fique do teu lado e que não esmoreça
Cedo o meu lugar…
Mas a seguir peço para voltar

Cedo o meu lugar…

( É que eu gosto mesmo de ti
Eu gosto mesmo de ti )

27 dezembro 2011

Alegria

O G. ofereceu-me, neste Natal, uma ida ao Cirque du Soleil. Numa palavra: ADOREI!
Foi fantástico. A atenção dada aos pormenores, as acrobacias, até os palhaços a que normalmente não acho piada nenhuma me fizeram dar umas boas gargalhadas. E a música... ah a música, que já conheço há uns bons anos (desde 2003, na inauguração do novo Estádio do Dragão) e continua a fascinar-me. Parabéns a todos os artistas que fizeram este espectáculo acontecer. Gravei um bocadinho do final, mas infelizmente não ficou em boas condições pelo que vos deixo este (que embora seja noutro sítio qualquer, é exactamente igual ao final do espectáculo de ontem).




23 dezembro 2011

Do they know its christmas


Paul Young - It's Christmas time and there's no need to be afraid
                   At Christmas time we let in light and we banish shade
Boy George - And in our world of plenty we can spread a smile of joy
                  Throw your arms around the world at Christmas time
George Michael - But say a prayer; Pray for the other ones
Simon LeBon - At Christmas time it's hard, but when you're having fun
Simon LeBon/Sting/Tony Hadley - There's a world outside your window and it's a world of dread and fear
Sting/Bono - Where the only water flowing is the bitter sting of tears
Bono/Sting/Simon LeBon - And the Christmas bells that ring there are the clanging chimes of doom
Bono - Well tonight thank God it's them instead of you
Boy George/Paul Weller - And there won't be snow in África this Christmas time
Bono/George Michael/Boy George - The greatest gift they'll get this year is life
Paul Young - Where nothing ever grows
Glenn Gregory - No rain nor rivers flow
Todos - Do they know it's Christmas time at all?
Marilyn/Glenn Gregory/Rick Parfitt/Francis Rossi - Here's to you
Paul Young - Raise a glass for everyone
Marilyn/Glenn/Rick/Francis - Here's to them
Paul Young - Underneath that burning sun
Paul Young - Do they know it's Christmas time at all?
Todos - Feed the World (rpt)
             Feed the World, Let them know it's Christmas time again (rpt)


(participaram neste projeto: Adam Clayton (U2), Andy Taylor (Duran Duran), Bono (U2), Boy George (Culture Club), Bruce Watson (Big Country), Chris Cross (Ultravox), David Bowie, Dennis J. T. Thomas (Kool & The Gang), Francis Rossi (Status Quo), Gary Kemp (Spandau Ballet), George Michael (ex-integrante do Wham!), Glen Gregory (Heaven 17), Holly Johnson (Frankie Goes to Hollywood), James Taylor, Jody Watley (Shalamar), John Keeble (Spandau Ballet), John Taylor (Duran Duran), Johnny Fingers (Boomtown Rats), Jon Moss (Culture Club), Keren Woodward (Bananarama), Marilyn (cantor inglês), Mark Brzezicki (Big Country), Martin Kemp (Spandau Ballet), Martyn Ware (Heaven 17), Midge Ure (Ultravox), Nick Rhodes (Duran Duran), Nik Kershaw, Paul McCartney (ex-Beatles), Paul Weller (The Style Council & The Jam), Paul Young, Pete Briquette (Boomtown Rats), Phil Collins, Rick Parfitt (Status Quo), Robert 'Kool' Bell (Kool & The Gang), Roger Taylor (Duran Duran), Sarah Dallin (Bananarama), Simon Crowe (Boomtown Rats), Simon Le Bon (Duran Duran), Siobhan Fahey (Bananarama), Sir Bob Geldof (Boomtown Rats), Steve Norman (Spandau Ballet), Sting (ex-The Police), Stuart Adamson (Big Country), Tony Butler (Big Country), Tony Hadley (Spandau Ballet)).

21 dezembro 2011

Feliz Natal!!!

17 dezembro 2011

13 dezembro 2011

Em 2011 eu

( ) Faltei ao trabalho.
( ) Perdi alguém muito especial para mim.
( ) Mudei para pior.
(X) Fui atirado para a piscina / mar.
(X) Bebi alguma bebida alcoólica.
(X) Ri até chorar.
( ) Cai ao andar de bicicleta de bicicleta.
(X) Cantei música no banho.
( ) Fiquei de ressaca.
(X) Fiquei um dia inteiro de pijama.
( ) Dancei muito em festas.
(X) Fui para a praia.
( ) Adoptei a religião do FODA-SE
(X) Exercitei-me muito.
(X) Cantei muito uma(as) música(as) até decorar ♫
(X) Dormi a sesta.
(X) Apaixonei-me.
(X) Diverti-me com os amigos
(X) Conversei muito.
( ) Arrependi-me de alguma coisa que fiz.
(X) Arrependi-me de não ter feito algo.


(Tinha saudades destes inquéritos idiotas!)

12 dezembro 2011

Alistair Cooke

“In the best of times, our days are numbered anyway. So it would be a crime against nature for any generation to take the world crisis so solemnly, that it put off enjoying those things for which we were designed in the 1st place: the opportunity to do good work, to enjoy friends, to fall in love, to hit a ball, and to bounce a baby.”

Alistair Cooke

07 dezembro 2011

Balanço anual

Está a terminar mais um ano cheio de lembranças boas e más, histórias e peripécias, sonhos realizados e por realizar, esperanças que se transformaram em realidades e esperanças que o continuam a ser. No fundo, um ano como todos os anteriores.

Uma vez li uma frase de John Lennon que dizia "A vida é aquilo que acontece enquanto fazemos planos para o futuro".  Desde então ando com essa frase na memória. 
A vida é dinâmica e vamos vivendo e aprendendo uns com os outros, todos os dias vamos dando mais um passo na viagem de nos tornarmos seres humanos melhores (ou piores, conforme as pessoas). Por detrás das nossas realizações pessoais ou profissionais, além do nosso considerável esforço próprio, esconde-se normalmente um número muito grande de contribuições, apoios, sugestões, comentários ou críticas vindos de muitas pessoas. A sua importância assume no caso presente uma valia tão preciosa que, sem elas, com toda a certeza, teria sido muito difícil chegar a qualquer resultado digno de menção e mesmo assim...

2012 está aí a chegar e eu estou a começar a delinear os meus objectivos pessoais (só penso nos profissionais em Agosto) para o ano que vem. Alguns objectivos fúteis, é verdade, outros relativos à minha saúde e à dos que me rodeiam, mas quero que na maioria sejam objectivos de que me possa orgulhar e deixar as pessoas que me importam orgulhosas também. E o primeiro da lista é Viver. Sim, Viver com "V" maiúsculo. Aproveitar a vida, apreciar o que tenho, reordenar as minhas prioridades. Encher o meu "frasco" primeiro com as pedras grandes, só colocar a areia no final.

Pensamento do Dia 10

Eu - AI que manhã tão fria!
Ela - O frio é psicológico, não é o que dizes?
Eu - Não percebo nada de psicologia. Nunca fui às aulas! :)

05 dezembro 2011

Signos com sorte para 2012

-------------------- CARNEIRO: o Diabo de desafio enérgico --------------------
Confiante e entusiástico. Divertido. Ama um desafio. EXTREMAMENTE impaciente. Às vezes egoísta. Fusível curto (enfurece facilmente). Vivido, inteligência apaixonada e afiada. Gosta de sair. Perde interesse depressa - facilmente entediado. Egoístico. Corajoso e afirmativo. Tende a ser físico e atlético.

-------------------- VIRGEM: O Perfeccionista --------------------
Dominante em relações. Conservador. Quer ter sempre a última palavra. Argumentativo. Preocupado. Muito inteligente. Antipatiza com barulho e caos. Ansioso. Trabalhador. Leal. Bonito. Fácil de falar. Difícil de agradar. Severo. Prático e muito exigente. Frequentemente tímido. Pessimista.

-------------------- ESCORPIÃO: o Intenso --------------------
Muito enérgico. Inteligente. Pode ser ciumento e/ou possessivo. Trabalhador. Grande beijador. Pode ficar obsessivo ou reservado. Guarda rancor. Atraente. Determinado. Amores que estão em relações longas. Falador. Romântico. Pode ser às vezes egocêntrico. Apaixonado e emocional.

-------------------- BALANÇA: o Harmonizador --------------------
Agradável a todos os que se encontram com ele. Indeciso. Tem uma atracão própria sem igual. Criativo, enérgico e muito social. Odeia estar só. Calmo, generoso. Muito amoroso e bonito. Gosta de flirtar. Cede muito facilmente. Tende a deixar para depois. Muito crédulo.


-------------------- AQUÁRIO: o Amado --------------------
Otimista e honesto. Doce personalidade. Muito independente. Inventivo e inteligente. Amigável e leal. Pode parecer não emotivo. Pode ser um pouco rebelde. Muito teimoso, mas original e sem igual. Atraente no lado de dentro e fora. Personalidade excêntrica.

-------------------- GÉMEOS: o Tagarela --------------------
Inteligente e engenhoso. Parece estar sempre de saída, muito falador. Vivo, enérgico. Adaptável mas com necessidade de se expressar. Argumentativo e franco. Gosta de mudança. Versátil. Ocupado, mas às vezes nervoso e tenso. Fofoqueiro. Pode parecer superficial ou incoerente. Só e sujeito a mudança. Bonito fisicamente e mentalmente.

-------------------- LEÃO: o chefe --------------------
Muito organizado. Precisa de ordem nas vidas deles/delas - como estar em controlo. Gosta de limites. Tende a assumir tudo. Mandão. Gosta de ajudar os outros. Social e gosta de sair. Extrovertido. Generoso, amável. Sensível. Energia criativa. Confiantes neles próprios. Bons amantes. Fazer a coisa certa é importante para Leão. Atraente.

-------------------- CARANGUEJO: o Protetor --------------------
Emocional. Pode ser tímido. Muito amoroso e gentil. Bonito. Sócios excelentes para vida. Protetor. Inventivo e imaginativo. Cauteloso. Tipo de pessoa sensível. Necessidade de ser amado pelos outros. Magoa-se facilmente, mas simpático.

-------------------- PEIXES: o Sonhador -------------------- 
Bom coração e pensativo. Muito criativo e imaginativo. Pode ficar reservado e vago. Sensível. Não gosta de detalhes. Sonhador e irreal. Simpático e amoroso. Desinteressado. Bom beijador. Bonito.

-------------------- CAPRICÓRNIO: o Paciente --------------------
Pessoa agressiva e sábio. Prático e rígido. Ambicioso. Tende a estar bonito. Humorístico e engraçado. Pode ser um pouco tímido e reservado. Frequentemente pessimistas. Tendem a agir antes de pensar e podem ser às vezes pouco amigáveis. Guarda rancor. Gosta de competição. Obtêm o que eles querem.

-------------------- TOURO: o Resistente --------------------
Que encanta mas agressivo. Pode parecer enfadonho, mas não é. Trabalhador duro. Amável. Forte, tem resistência. Seres sólidos e estáveis e seguros dos modos deles/delas. Não procuram atalhos. Orgulhosos da beleza deles/delas. Pacientes e seguros. Fazem grandes amigos e dão bons conselhos. Bom coração. Amam profundamente - apaixonados. Expressam-se emocionalmente. Propenso a temperamento - acessos de raiva ferozes. Determinado. Cedem aos seus desejos frequentemente. Muito generoso.

-------------------- SAGITÁRIO: o Otimista --------------------
Irrefletido. Não quer crescer (síndroma Peter Pan). Favorece o ego. Orgulhoso. Gosta de luxos e jogar. Social e gosta de sair. Não gosta de responsabilidades. Frequentemente fantasia. Impaciente. Divertido estar ao seu redor. Tem muitos amigos. Coquete e gosta de flirtar. Não gosta de regras. Às vezes hipócrita. Antipatiza com espaços apertados e roupas apertadas. Não gosta que duvidem dele. Bonito por dentro e por fora.

Skinny Love


Descobri esta música por mero acaso, mas gosto imenso dela, principalmente do refrão. Em modo repeat por esta noite, enquanto preparo a aula de amanhã....


(...)
And I told you to be patient
And I told you to be fine
And I told you to be balanced
And I told you to be kind
(...)

30 novembro 2011

Pensamento do Dia 9

"É só darem-me um bocadinho de calor que eu descasco-me toda".


LOL

29 novembro 2011

O Teste da Banana

Vê só o resultado depois de escolheres o animal.

Existe um coqueiro muito alto e há 4 animais: um Leão, um Macaco, uma Girafa e um Manguço. 
Eles decidiram competir para ver qual deles era o mais rápido a apanhar uma banana da árvore.
Adivinhas quem ganhou?

A resposta reflectirá a tua personalidade.
Então pensa com calma . .
Tenta responder em 30 segundos. Já esta ?



...












Se a tua resposta foi:

Leão = És confuso.
Macaco = És difuso.
Girafa = És obtuso.
Manguço = És completamente doido.


COQUEIRO NÃO TEM BANANAS PÁ.

Obviamente que estas stressado e cansado.
Devias descansar um pouco e relaxar! :)

27 novembro 2011

Where the streets have no name

Continuo a gostar muito desta música dos U2, muito mais do que a versão dos 30 Seconds to Mars (apesar de esta também ser bastante boa).


22 novembro 2011

Imaginário das Mil e uma noites

Por mero acaso, recordei a telenovela brasileira "O Clone" e a sua banda sonora. Se a altura não segui a dita telenovela, gostei muito das músicas. Mas isso não me surpreende porque as músicas com uma sonoridade mais árabe "entram" muito bem no meu ouvido. E não só as músicas, também as sensuais danças nesse ritmo captam a minha atenção.
Porque será?

21 novembro 2011

Conquistas

Ela - Sabes, o meu namorado conquistou-me pelas orelhas...
Eu  - Dizia-te palavrinhas doces ao ouvido, era?
Ela - Não, ofereceu-me uns brincos lindos, lindos!

(Esta é das minhas, também adora brincos! LOL)

18 novembro 2011

Quase perfeito

 
Quase Perfeito - Donna Maria

Sabe bem ter-te por perto
Sabe bem tudo tão certo
Sabe bem quando te espero
Sabe bem beber quem quero

Quase que não chegava
A tempo de me deliciar
Quase que não chegava
A horas de te abraçar
Quase que não recebia
A prenda prometida
Quase que não devia
Existir tal companhia

Não me lembras o céu
Nem nada que se pareça
Não me lembras a lua
Nem nada que se escureça
Se um dia me sinto nua
Tomara que a terra estremeça
Que a minha boca na tua
Eu confesso não sai da cabeça

Se um beijo é quase perfeito
Perdidos num rio sem leito
Que dirá se o tempo nos der
O tempo a que temos direito

Se um dia um anjo fizer
A seta bater-te no peito
Se um dia o diabo quiser
Faremos o crime perfeito

13 novembro 2011

Uma vez e outra e outra

Na sexta, a caminho de casa, ouvi a música que aqui partilho e não consigo fazer com que ela me saia da cabeça, apesar de sentir o coração partido quando a ouço...




 Damien Rice - The Blower's Daughter

And so it's
Just like you said it would be
Life goes easy on me
Most of the time
And so it's
The shorter story
No love, no glory
No hero in her sky

I can't take my eyes off of you
I can't take my eyes off of you
I can't take my eyes off of you
I can't take my eyes off of you
I can't take my eyes off of you
I can't take my eyes...

And so it's
Just like you said it should be
We'll both forget the breeze
Most of the time
And so it's
The colder water
The blower's daughter
The pupil in denial

I can't take my eyes off of you
I can't take my eyes off of you
I can't take my eyes off of you
I can't take my eyes off of you
I can't take my eyes off of you
I can't take my eyes...

Did I say that I loathe you?
Did I say that I want to
Leave it all behind?

I can't take my mind off of you
I can't take my mind off of you
I can't take my mind off of you
I can't take my mind off of you
I can't take my mind off of you
I can't take my mind...
My mind... my mind...
'til I find somebody new

01 novembro 2011

Just a kiss

Ouvi esta música de manhã na Rádio e não me sai da cabeça... E até nem faz o meu género, mas continuo a trauteá-la.


30 outubro 2011

Batalhas e Guerras

Ando há muito tempo numa guerra que não quero nem nunca pedi. Mas ela bateu-me à porta e por isso tem sido uma batalha após a outra. Umas vezes perco, outras venço, mas até as que ganho têm um sabor agridoce.

Pergunto muitas vezes a Deus se alguma vez esta guerra vai terminar e se, no fim, irão valer a pena todos os sacrifícios, todas as lágrimas, todos os minutos investidos...
Recuso-me a acreditar que são desperdícios de energia e de tempo, mas há aquela vozinha dentro da minha cabeça que me diz que não vale a pena sonhar.

O que me resta é a vontade e a esperança e esta, como sempre se diz, é a última a morrer.

21 outubro 2011

Lições de Culinária

Gosto de cozinhar. De me meter na cozinha e fazer experiências que nem sempre saem bem.Gosto de ir fazendo coisas novas, quando tenho tempo para tal. "Fechar-me" na cozinha, ligar a música e deixar-me levar pela imaginação e pelo palato.

No outro dia pensei em fazer um curso culinário. É que apesar de gostar não sou nenhuma "coisa do outro mundo" nem para tal caminho. E cada vez a ideia do curso se entranha mais e me soa melhor.

Um dia destes vou mesmo fazer. Alguém interessado/a em juntar-se a mim?

20 outubro 2011

Alguém como tu - Jessica Beatriz

É por estas coisas que eu ouço a Comercial pela manhã....
Alguém como tu (Jéssica Beatriz) por Vasco Palmeirim e Mário Laginha:




Já sei que tu tens um namorado
Eu vi no Facebook que tu alteraste o teu estado
Vi uma foto tua com o teu novo herói
Estão bem um pra o outro - ele é feio que dói.

Sinceramente...
espero que isso dure
Já fechei a loja
Haja outro que te ature.

Não sei se lhe contaste, se ele tem ideia
que a tua alcunha era Strunfina, a mais famosa da aldeia
Não estou ressabiado ou qualquer coisa que pareça
Estou aqui... para dizer-te...

Não quero voltar a ter alguém como tu
Eu já pedi para removerem a minha tatoo
Sim, aquela que eu fiz,
Com o teu nome, Jessica Beatriz
Agora que foste sou muito mais feliz....
Agora que foste sou muito mais feliz....

Ainda me lembro do teu cheiro.
Digo eu... e diz o bairro inteiro
Lembro-me de sentir o teu corpo no meu
E eu só pensava "ela tem pneu".

E aproveito para por a minha boca no trombone
e dizer "elas são falsas! Isso é tudo silicone"
Nao estou ressabiado ou qualquer coisa que pareça
Estou aqui... para dizer-te...

Não quero voltar a ter alguém como tu
Nunca mais vais ver este corpinho todo nu
Não, não - nunca - nunca mais
Vais checkar os meus abdominais
que são tão perigosos que deveriam ser ilegais.


Não quero voltar a ter alguém como tu
Eu já pedi para removerem a laser a minha tatoo.
Sim, aquela que eu fiz
Com o teu nome, Jessica Beatriz
Agora que foste sou muito mais feliz.

17 outubro 2011

Parabéns a mim!

O meu único desejo que os próximos 366 sejam pelo menos tão bons como os anteriores 365! :)

15 outubro 2011

Portugal e Grécia

“…Nós estamos num estado comparável sómente à Grécia: mesma pobreza, mesma indignidade política, mesma trapalhada económica, mesmo abaixamento de caracteres, mesma decadência de espírito.
Nos livros estrangeiros, nas revistas quando se fala num país caótico e que pela sua decadência progressiva, poderá …vir a ser riscado do mapa da Europa, citam-se a par, a Grécia e Portugal.”

Eça de Queiroz, 1872, in As Farpas


14 outubro 2011

Daniela Ruah

Longe vão os tempos das portuguesas baixinhas, anafadas e com bigode....
Aqui está parte da entrevista da Daniela Ruah na Esquire

13 outubro 2011

De volta ao passado

É mais que conhecido o quanto eu gosto de romances dos ínicios do Século XIX em geral e de "Pride and Prejudice", em particular.
Foi neste século que Jane Austen viveu no interior da Inglaterra como uma mulher casadoira típica da época, mas que nunca casou. Pensa-se que teve uma existência protegida, recatada e que tenha morrido virgem, aos 41 anos. E mesmo assim, às vezes penso que Miss Austen percebia muito melhor de relacionamentos do que muitas mulheres da nossa época.

Jane Austen era inteligente, sagaz e com um bom sentido de humor e as heroínas dos seus seis romances têm essas mesmas características. A minha preferida é, obviamente, Elizabeth Benent: é franca, feminista q.b. e quando apaixonada não fica a "bater as pestanas" e a dar risinhos estúpidos. Foi por isso que Mr. Darcy se apaixonou por ela.
Oh! Mr. Darcy!
Oh! Oh! Mr. Darcy...

No inicio sou solidária com Lizzie e detesto-o. No final, continuo solidária e também estou apaixonada. :)
Mr. Darcy é lindo, sério, tímido, com pouco sentido de humor ou pelo menos não o demonstra. Não o consigo a imaginar a fazer um trocadilho malicioso. Mas também é sedutor sem ser óbvio,é educado e íntegro. É viril. Quando erra, admite e resolve o problema.

Já desejei algumas vezes (bastantes até) que o mundo não tivesse mudado tanto desde esses tempos. Sim, não ia gostar nada dos casamentos por conveniência, do diminuto papel da mulher na sociedade, os padrões rígidos e a hipocrisia vigente. Também não ia gostar dos fossos entre as classes (principalmente se não fizesse parte dos "sortudos").
Mas em compensação haveria os homens à moda antiga, realmente dignos de serem chamados de cavalheiros, com respeito, responsabilidade e carácter. A linguagem cuidada, sem a utilização do calão que todos os dias ouço, saídos de bocas masculinas e femininas. Os trajes elaborados, a elegância valorizada em detrimento do prático (logo eu a dizer estas coisas!!!!).

Não quero que esses tempos voltem. Teria que perder muita coisa deste século que valorizo. Mas que gostava que alguns aspectos de antigamente voltasse, isso gostava.

12 outubro 2011

Sem titulo

Eu não sou boa nem quero sê-lo, contento-me em desprezar quase todos, odiar alguns, estimar raros e amar um.

Florbela Espanca

Se eu pudesse....

Ouvi estar música pela primeira vez agora mesmo, na sala de trabalho. E tive que fazer um esforço para não começar a mexer o corpinho.... LOL



Maroon 5 - Hands all over

Olhares

Entrei no elevador e vi-a. Com um sorriso nos lábios que não se refletia nos olhos. Estes estavam tristes, com mágoas profundas.

Eram os olhos de alguém que se sentia profundamente infeliz. Que não conseguia pensar no que tinha, apenas no que não conseguiu conquistar, apenas nos sonhos destruídos, nas esperanças que caíram por terra.

Eram os olhos de alguém que já não tinha forças para lutar, que só queria baixar os braços e deixar que as ondas a levassem para qualquer sítio, mesmo que esse sítio fosse o fundo do mar.

Eram os olhos que alguém cansado de reter as lágrimas, cansado de fingimentos.

Eram os olhos de alguém que já não ousa ser o que já fora…

10 outubro 2011

Nunca Ninguém Amou Completamente

"Vou deitar-te na eternidade, que é esse o teu lugar, é esse, é esse. E agora só tenho que te amar tudo de ti, não deixar nada de fora. Porque, sabê-lo-ás? Nunca ninguém amou completamente, houve sempre uma forma de amar fragmentária, parcial. Amou-se sempre em função de uma fracção do amor como se usou um vestuário segundo a moda, desde o calção ou o penante de plumas. Vou-te amar como Deus. Não, não. Deus não sente prazer nem movimento progressivo até ao prazer, coitado, é tão infeliz. Vou-te amar como um homem desde que os há, desde o tempo das cavernas até hoje e com um pequeno suplemento que é só meu."

Vergílio Ferreira, in "Em Nome da Terra"


Lindo!

06 outubro 2011

Ainda sobre a Adele

Eu sei que a música há muito que se ouve, mas só agora conheci o vídeo e não resisti a partilha-lo.

03 outubro 2011

Parabéns Pai!

70 anos!

Pai, como é possível que já tenhas 70 anos? Como foi que o tempo passou tão depressa que ainda te vejo com cinquenta? Ou até menos, quando rapaste o bigode e me pregaste um susto?

Feliz dia, Pai!
Eu estou a fazer o que posso para que esta data seja comemorada como mereces. Espero que tudo saia bem! :)

Beijos grandes!

Tudo a postos

Bom humor: ON
Música: ON
Ingredientes: ON
Forno: ON

Tudo a postos para uma tarde na cozinha! :)

30 setembro 2011

Vlog do Fernando

Espero que o Sr. Fernando não se importe mas não resisti em partilhar....

Porque reprovei a....

O Aluno inteligente

A professora está a ter dificuldades com um dos alunos.
- Pedro, qual é o problema?
- Sou muito inteligente para estar no primeiro ano. A minha irmã está no terceiro ano e eu sou mais inteligente
do que ela. Eu quero ir para o terceiro ano também!
A professora vê que não vai conseguir resolver este problema e o manda para o diretor.
Enquanto o Pedro espera na ante-sala, a professora explica a situação ao diretor.
O diretor diz à professora que ele vai fazer um teste com o aluno, e que se ele não conseguir responder a todas as perguntas ele vai mesmo ficar no primeiro ano. A professora concorda.
Chama o Pedro e explicam-lhe que ele vai ter que passar por um teste e ele aceita.
Diretor: - Pedro, quanto é 3 vezes 3?
Pedro: - 9.
Diretor: - E quanto é 6 vezes 6?
Pedro: - 36.
E o diretor continua com a bateria de perguntas que um aluno do terceiro ano deve saber responder e o Pedro não dá erro nenhum.
Ele diz para a professora:
- Acho que temos mesmo que colocar o Pedro no terceiro ano.
A professora pergunta:
- Posso fazer algumas perguntas também?
O diretor e o Pedro concordam. A professora pergunta:
- O que é que a vaca tem quatro e eu só tenho duas?
Pedro pensa um instante e responde:
- Pernas.
Ela faz outra pergunta:
- O que é que há nas suas calças que não há nas minhas?
O diretor arregala os olhos, mas não tem tempo de interromper...
- Bolsos - responde o Pedro.
- O que é que entra na frente da mulher e que só pode entrar atrás do  homem?
Estupefato com os questionamentos, o diretor prende a respiração...
- A letra "M". - responde o garoto.
A professora continua a arguição:
- Onde é que a mulher tem o cabelo mais enroladinho ?
- Na África, responde Pedro de  primeira.
- O que é que começa com a letra C termina com a letra U e ora está sujo ora está limpo.
O Diretor começa a suar frio.
- O céu,  professora.
Não mais se contendo, o diretor interrompe, respira aliviado e diz para a professora:
- Ponha o Pedro no quarto ano. Eu mesmo teria errado todas as suas perguntas.



LOL

27 setembro 2011

Comentários

Uma das coisas que gosto de fazer é ver blogues que desconheço. Clico "Blogue seguinte" e permaneço a clicar até encontrar coisas interessantes. Foi assim que encontrei este e interessou-me o título: "Meu blog sofre com falta de comentários e o seu?", Até porque me identifico.

Sim, vejo as estatísticas e até nem são más. Mas comentários são pouco, muito poucos. E isso entristece-me. Gosto de ver os comentários, sejam eles elogiosos ou nem por isso, quer concordem ou não com as minhas opiniões. Quando vejo o contador dos comentários a zero sinto-me a a"falar para as paredes" como um novo Santo António a falar para os peixes.

Estou a tentar dar uma nova vida ao Franquia. Não é que ele tenha grande interesse, não é que eu tenha grandes ambições. Mas gostava de receber o vosso retorno. De vez em quando, se passam por aqui, já que se dão ao trabalho de ler o que escrevo... comentem.

Façam-me feliz!

26 setembro 2011

Banhoca

Estou ligeiramente gripada. Dores de cabeça, arrepios e dar de garganta, ainda que nada de febre. Algumas tonturas também. Estou assim desde ontem.


Mal pude, meti-me no chuveiro e deixei-me ficar debaixo de água, a senti-la a bater no meu corpo, a escorrer pelas costas, o gel de banho a cheirar a coco... Soube-me tão bem... Não fiquei muito tempo, mas todos os minutos foram preciosos.
Sinto-me outra, apesar dos sintomas persistirem.

24 setembro 2011

Culinária com toque de música

Na quinta-feira passada estive a ajudar na preparação de uma festa de aniversário muito especial, pelo que passei a tarde na cozinha a fazer docinhos e salgadinhos.
É uma coisa que eu gosto muito de fazer embora, claro, não tenha a arte de muitas pessoas, mas faz-se que se pode.
Se conseguir juntar uma pitada de música enquanto cozinhas os preparados culinários ainda são feitos com mais alegria. Passei a tarde a ouvir música de vários artistas, de várias épocas. Uma delas foi Innuendo dos Queen.
20 anos depois, ainda está no meu top de grandes músicas!

22 setembro 2011

Seleccionador Nacional

Ouvi hoje na rádio que o Paulo Bento faz hoje (ou será amanhã?) um ano desde que assumiu o cargo de seleccionador nacional e nos quatro jogos oficiais que fez obteve quatro vitórias.
Parabéns pelos 100% mas... quatro jogos num ano? Só? Isso significa que ele ganha balúrdios por jogo e nem sequer ele é que anda para ali a correr atrás da bola!

Qu'inBeIja!

Verão

Hoje é o ultimo dia de Verão.
Nem me dei conta que tivesse realmente existido Verão este ano.
Sim, houve uns dias quentes aqui e a ali... mas isso também em Fevereiro houve e não era Verão por causa disso.
Agora que o Verão se foi, será que virão dias melhores?
(Não resisti ao trocadilho!)

21 setembro 2011

Frase profunda...

"Cada um descobre o seu anjo tendo um caso com o demónio."
Mia Couto

Hoje é o dia...

da PAZ


ou



de PAS PAS PAS?



:)

19 setembro 2011

Pensamento do dia 8

Acontecem coisas más a boas pessoas.
E acontecem coisas boas a pessoas más.
Não é matemático. Aqui a lógica é uma batata.


(Se precisares de ajuda, D., diz, ok?)

Set Fire to the Rain

Mais uma música fantástica da Adele para ouvir vezes sem fim: Set Fire to the Rain:


Circulos

Já não sei quem me disse que o círculo é a figura geométrica mais perfeita!
Para mim, os círculos são uma treta!!! Pronto, já disse!
Estou farta de andar em círculos. De pensar que finalmente estou a chegar ao destino pretendido apenas para me dar conta que estou de volta onde comecei.
Hoje aconteceu-me isso outra vez.
Estou farta! Farta! FARTA!

16 setembro 2011

Interruptor

Acordei bem disposta (se não contarmos com o facto de querer dormir mais um bocadinho, claro).
Preparei os miúdos, brinquei com eles, mimei-os e eles mimaram-me.
Foi um excelente início do dia. Um dia ON.

E depois fui ver a caixa de correio electrónica. Tantas mensagens por ler.
Passei ao FB. A mesma coisa.
O mundo está a girar mais depressa que o habitual e ainda por cima eu estou a mexer-me mais lentamente.
O interruptor fica no OFF.

Não me apetece sair de casa. O que me apetece mesmo é tirar esta roupa, vestir o pijama e meter-me entre lençóis e esconder-me lá. Mas como não pode ser, vou limpar esta tristeza e pintar um sorriso na cara.

13 setembro 2011

Morre lentamente

"Morre lentamente quem não viaja, quem não lê, quem não ouve música, quem destrói o seu amor-próprio, quem não se deixa ajudar.

Morre lentamente quem se transforma escravo do hábito, repetindo todos os dias o mesmo trajeto, quem não muda as marcas no supermercado, não arrisca vestir uma cor nova, não conversa com quem não conhece

Morre lentamente quem evita uma paixão..."

Pablo Neruda

11 setembro 2011

Trovas

Lembro-me de quando era pequenita a minha mãe cantar-me muitas vezes esta trova popular:

Eu amante e tu amante,
qual de nós será mais firme?
Eu como o sol a buscar-te,
tu como a sombra a fugir-me?

Na semana passada, ao arrumar umas papeladas antigas, encontrei esta escrita por uma amiga do ensino básico:

Com pena pego na pena,
com pena quero escrever,
caiu-me a pena no chão
com pena de te não ver.

E como não há duas sem três, havia uma colega da minha mãe que dizia em tom de brincadeira, utilizando os nossos tão queridos trocadilhos:

oh o meu amor de tigela
procuro-te de balde e num tacho
Tu que m'amavas tanto
Já não m'amas!


Ai que saudades!

Pensamento do dia 7

Antes sair de casa sem sapatos do que sem brincos!!!!!!

07 setembro 2011

Ser feliz

Posso ter defeitos, viver ansioso e ficar irritado algumas vezes,
mas não esqueço de que a minha vida é a maior empresa do mundo.
E que posso evitar que ela vá a falência.
Ser feliz é reconhecer que vale a pena viver apesar de todos os desafios, incompreensões e períodos de crise.
Ser feliz é deixar de ser vítima dos problemas e
se tornar um autor da própria história.
É atravessar desertos fora de si, mas ser capaz de encontrar
um oásis no recôndito da sua alma .
É agradecer a Deus a cada manhã pelo milagre da vida.
Ser feliz é não ter medo dos próprios sentimentos.
É saber falar de si mesmo.
É ter coragem para ouvir um 'não'.
É ter segurança para receber uma crítica, mesmo que injusta.
Pedras no caminho?
Guardo todas, um dia vou construir um castelo...

(Fernando Pessoa)

Pensamento do dia 6

"Quanto mais se bate no fundo... mais o fundo desce".

Ora eu nunca tinha pensado assim. Sempre pensei que quando se bate no fundo, o único caminho a seguir é para cima.

05 setembro 2011

Paintball


No sábado passado, o G. organizou uma tarde de paintball para um grupo de família e amigos. Éramos 20, 10 mulheres vs 10 homens.
Foi muito bom, já tinha saudades de dar uns "tiros". Como sempre que estamos juntos, a galhofa foi mais que muita. Claro que um convívio desta natureza deixa-nos sempre marcadas.... :D


As fotos não conseguem mostrar a verdadeira "beleza" da nova coloração da minha pele, mas já dá para ficar com uma ideia.
G., para quando o próximo? :)

02 setembro 2011

Father and Son

Adoro esta música do (ainda) Cat Stevens...

31 agosto 2011

Perdi-me nos blogues eróticos delas...

"E a blogosfera das senhoras? Viram a reportagem na TV? Ah, é outra coisa... é que é completamente diferente da escrita blogosférica masculina! Não há cá galhofa nem politiquice... É toda uma sensibilidade, uma ternura, é a partilha, o gosto pelo tesão! Oh, desculpem, disse tesão? Perdão! Mas está dito, está dito. Já não há como retirar! Eis-nos pois no tremendo, multifálico, giga-orgásmico, polvilhado de muito poema de queca grasnada e foto a preto e branco de coito suado, mundo da blogosfera erótica feminina anónima portuguesa.

E isso existe? Dou-vos duas mãos cheias deles no finalzinho para fazerem as vossas vistas. Mas perante tanta malandrice e sacanagem revelada pelo submundo blogueiro não há como deixar rejubilar o bem que a tecnologia da informação também faz à libertação sexual das mulheres com a sublimação semipública de umas tarazitas e umas vontades incontidas de copular várias vezes ao dia em estranhos lugares e em variadas posições. Tudo isto em relatos de qualidade literária que equivalem à vida sexual de muita gente: normalmente fraca, umas vezes média mas também grandes momentos de talento e arte dignos de serem aplaudidos. Por estes relatos vamos sabendo - para contínuo espanto pudico masculino - que a cabeça de muitas das mulheres é tão povoada desses ímpetos como as nossas. Bem-haja o autocontrolo e as normas civilizacionais que impedem que tal se concretize a cada impulso, a bem da produtividade, da higiene dos espaços comuns e muitas vezes da estética.

Ora não se entra assim de repente neste "mundo de escrita erótica feminina", que oscila entre uma imagética sofisticada e o "Oh, come-me já!". A minha guia, Maria Árvore, que só conheço via mail, e que tem um blogue "pouco pornográfico para ser muito popular e pouco erudito para o gosto dos intelectuais", explica-me que esta cena blogueira é apenas o equivalente às "Maxmen" e "FHM" dos homens. E vai lançando provocações quando me percebe desanimado perante tanto link povoado de pilas e testículos, torsos contorcidos antes da explosão consumatória e murmúrios tremidos no teclado tipo "deixa-me dormir em ti". Revela-me: "Também te podes questionar se tanta teoria não é falta de prática". Noutra altura escrever-me-á: "É tudo mulherio pacífico que usa mais as mãos para descascar do que para cascar. Coragem!".

Coragem, então! A maioria é de contos e crónicas da descrição do acto sexual em si num tom confessional mas de pecadora assumida em escrita descarada: "Toma-me assim, contra a parede" é o que a ERC me deixa citar aqui. Não há cá analogias muito rebuscadas. Mas noutros também se podem ler intróitos tipo "perdidos em carícias que transmitiam luxúria nos beijos dos lábios carnudos", o que equivale num filme porno dos anos 80 aos primeiros 29 segundos de música. (Esta conversa tem a validade de uma investigação que durou uma tarde pois, verdade seja dita, há blogues que já produziram livros, como o 'Cenas de Gaja'). Mas deixem-me dizer que as senhoras anónimas, perceptivelmente de formação universitária, abusam da terminologia de trolha e não como interjeição mas como substantivação. Há ali mais palavrão que num Porto/Benfica, casa cheia, três penáltis descarados não marcados para cada lado.

E há também muita poesia de cunho próprio, fotografia monotemática (um só de rabinhos femininos, postados por uma menina persistente) e vídeos - embora me seja estranha certa conceptualização: não percebo porque é que um vídeo com sexo explícito com ar profissional esteja num blogue "alérgico a pornografia". É a banda sonora árabe que o despornifica? Escapa-me.

Há relatos de vida pessoal soft e hard, com e sem fotos pessoais sem cara e blogues de nicho (S&M), blogues escritos por adolescentes e balzaquianas e pós-balzaquianas assumidas que têm em comum isso: sexo. Ah desculpem: o erotismo, mesmo quando é pimpa-pimpa tal e qual nos sites da especialidade, dos 'masculinos'. Mas brincadeira mesmo, é nas caixas dos comentários. Ui.

Enfim. Minhas senhoras: parabéns! Divirtam-se e dado que finalmente vejo alguma utilidade para a blogosfera."


Por Luís Pedro Nunes, em 19 de abril de 2009(sim, eu sei, é antigo, mas eu gostei imenso.)

Hum.....

"Quem por amor se perdeu
Não chore, não tenha pena
Uma das santas do céu
- É Maria Madalena..."


(Augusto Gil)

Felicidade

Hoje recebi uma excelente notícia: irei continuar a trabalhar na mesma escola que o ano passado. Pela primeira vez, pude ter e tive uma renovação! :)
Pessoas que me dizem muito também tiveram as mesmas notícias (aliás, foi uma dessas pessoas, a AB, que me informou da minha boa nova), o que tornou ainda melhor este dia!
Mas nem tudo são boas notícias. Entre as pessoas que eu procuro sempre, a maioria não ficou colocada. Este ano está a ser uma razia... A todas elas o meu mais sincero desejo de boa sorte na próxima fase e que não demorem muito a poderem ter a mesma alegria que eu tive hoje!

29 agosto 2011

Pensamento do dia 5

"Quem é vivo sempre aparece"... ou não, ou não!

27 agosto 2011

Orgulho e Preconceito e Zombies

No meu último aniversário - há quase um ano, portanto - a RS, sabendo como eu adoro o livro Orgulho e Preconceito, resolveu-me dar este livro: Orgulho e Preconceito e Zombies.
A minha cara deve ter sido muito reveladora ao abrir o embrulho porque a RS olhou para mim e disse: "Sei o que estás a pensar. Eu também achei muito estranho. Mas dá ao livro uma hipótese. Nunca se sabe, até podes gostar."
Andei este tempo todo a ganhar coragem e li-o de uma assentada, desejosa de chegar ao fim. O livro é intragável. Como é possível pegar num livro magnífico como o é o original da Jane Austen e transformá-lo naquele.... naquela.... coisa!!!!! Li-o rapidamente porque simplesmente, tal como alguém que é obrigado a caminhar sobre brasas, só queria terminar o suplício. Só por ti, RS, só porque te prometi que o leria.

Os antigos egípcios, na sua maioria, consideravam o seu deus Seth como um deus maligno, do qual queriam distância. Bem, o nome do autor da barbaridade chama-se Seth Grahame-Smith . Será coincidência?

(P.S. Li que o livro está a ser a base para um novo filme americano. Mas este mundo está completamente louco?!? Por favor, por favor, que não consigam convencer o Colin Firth a interpretar este Mr. Darcy!)

24 agosto 2011

Livros 2011

23.11.2011 - Tara Hyland - Filhas da Fortuna - ****
11.11.2011 - Karen Marie Moning - O Feitiço do Highlander - ***
12.10.2011 - Nora Roberts - Vozes do Passado - ****
30.09.2011 - Emily Giffin - Até que ele nos separe - **
24.09.2011 - Jude Deveraux - Jardim de Alfazema - ***
27.08.2011 - Jane Austen e Seth Grahame-Smith - Orgulho e Preconceito e Zombies - *
25.08.2011 - David Safier - Maldito Karma - **
15.08.2011 - Antoine de Saint-Exupéry -O Princepezinho - *****
07.08.2011 - Elisabeth Edmondson - Uma Mansão na Bruma - ***
30.07.2011 - Jill Mansell - Uma oferta irrecusável - ***
Maio/Junho/Julho - Sherrilyn Kenyon - O Abraço da Noite / Dança com o Diabo / O Beijo da Noite / Jogos na Noite (Todos da série Predadores da Noite) - ****
10.05.2011 - Manfred Gregor - A Ponte - **** (R)
08.05.2011 - Libba Bray - Uma Grandiosa e Terrível Beleza *
03.05.2011 - Madeline Hunter - Casamento de Conveniência ** + O Protector ***
20.04.2011 - Eça de Queirós - Os Maias - ***** (R)
14.04.2011 - Sherry Thomas - O Fruto Proibido - ****
02.04.2011 - Sherrilyn Kenyon - Acheron - ****
31.03.2011 - Julie Metz - A Mentira - ***
04.03.2011 - Diana Gabaldon - Outlander - Nas Asas do Tempo *****(*)
06.02.2011 - Laura Kinsale - Flores na Tempestade ***
12.01.2011 - Colleen McCullough - A Independência de Uma Mulher *****

Pensamento do dia 4

"O maior cego é aquele que não quer ver".
É uma grande verdade!
Mas será pior do que aquele que vê o que não existe?

23 agosto 2011

Dias em grande!

Domingo, dia 21 de Agosto, foi o Baptizado da B. Como se isso já não fosse suficientemente importante foi também o aniversário do G. Foram duas festas numa. Adorei cada minuto, como adoro sempre que estou rodeada da família e dos amigos mais chegados.
A B. portou-se como uma verdadeira princesa, mesmo nas alturas em que o soninho já pesava nas pálpebras.
Apesar do S. Pedro nos ter pregado uma partida ao fim do dia com uns bons aguaceiros, o tempo esteve excelente.

No dia seguinte, novamente festa, desta vez para celebrar o 1.º aniversário da B.. Caía o Carmo e a Trindade (curiosamente os locais de nascimento dos filhotes LOL) se não se fizesse festa, como se não estivéssemos juntos há muito tempo (é bom frisar que em 12 dias há 7 aniversários, todos da família mais chegada). E assim, para nos fazer felizes a todos, cá reunimos a malta, desta vez só a família. E mesmo assim, era gente para encher a casa... isto de se ter a família grande e animada dá nisto!
E eu confesso que gosto! :)

19 agosto 2011

Recordações

Eu guardo tudo!

Tenho várias caixas com lembranças que me foram dando: um cacho de bananas de um colega madeirense, um mini t-shirt que uma caloira me deu, um seixo com um desenho, uma toalha de mesa com uma toca de ursinho desenhada, tantas coisas que tinha afixadas num quadro de cortiça que estava pendurado no meu quarto nos meus tempos universitários.

Ao acabar de arrumar os armários da "biblioteca", descobri a caixa com as minhas agendas. São várias cheias de convites, bilhetes, fotos, mensagens, ideias... Claro que estive a relembrar os momentos que lá estão eternizados e chamaram-me a atenção estes quatro pequenos extractos:

"Amor! Teu coração trago-o no peito...
Pulsa dentro de mim como este mar
Num beijo eterno, assim, nunca desfeito!..."
Florbela Espanca, in "Livro de Sóror Saudade


"Quem foi que à tua pele conferiu esse papel
de mais que tua pele ser pele da minha pele"
David Mourão-Ferreira

"Espero sempre por ti o dia inteiro,
Quando na praia sobe, de cinza e oiro,
O nevoeiro
E há em todas as coisas o agoiro
De uma fantástica vinda. "
Sophia de Mello Breyner


"Mas é na intimidade e no segredo,
Quando tu coras e sorris a medo,
Que me apraz ver-te e que te adoro, flor! "
Antero de Quental



So hot....

Que blog tão bom que eu descobri: "Bedtime stories". Tem imenso material para nos dar bons sonhos. Bem mais quentes do que este nosso verão!
Aconselha-se a uma visualização moderada sob risco de palpitações cardíacas!!!

15 agosto 2011

Espelho meu...

"Olhei-me ao espelho e vi-me de todos os ângulos que consegui. Aproximei mais a face ao meu reflexo para ter a certeza que via todas as rugas. Pensei colocar um piercing na orelha direita.
Tal pensamento despoletou um discurso inflamado: «Tu já não és nenhuma jovem», disse ao meu reflexo. «Para que continuas com essas ideias parvas e adolescentes? Já há muito que deixaste de ser a benjamim do grupo, a menina apaparicada e protegida. Foste ultrapassada por muitas e muito mais jovens. Coloca-te no teu lugar e tira esse sorriso pateta da cara.»
Dei por mim de indicador em riste à minha imagem no espelho e ri-me do ridículo da situação. «Posso não ser uma jovem por fora mas continuo bem nova por dentro, toma e cala» respondi à rezingona que me tinha admoestado. E com esta sensação de vitória, entrei na banheira, abri a água e deixei que a cascata morna me descontraísse corpo e alma."

em Pensamentos de uma mente diferente