Faltam...

Daisypath Happy Birthday tickers

05 fevereiro 2006

O terrível costume de dizer custume

Não gosto de erros ortográficos. Não estou a falar de gralhas, refiro-me a erros grosseiros. Detesto quando me dizem PRONTOS ou quando, através de uma mensagem escrita, me perguntam: "Já FIZES-TE o que precisas?"...

Quando, na Universidade, entrei no mundo virtual e escrito do MOOsaico fiquei de queixo caído com a quantidade de erros que se davam. Eu e o C.D. mantínhamos um registo mental das calinadas que ali se escreviam. Algumas eram tão graves que não sabíamos se devíamos rir às gargalhadas ou se chorar copiosamente.Apesar de ainda conviver com os erros, já me tinha esquecido como a língua portuguesa pode ser pontapeada numa troca de palavras.

Até que ontem, em que ao falar com um amigo via MSN, li tantas vezes a palavra "custumo", "prontos" e "à" (como em "à muitos anos") me veio tudo à memória. Confesso que não resisti em lhe sugerir a compra de um dicionário, ao que me respondeu: "Sempre me fiz perceber, não preciso disso!" Depois de um argumento destes, o que se pode dizer mais? Para melhorar a minha opinião, a pessoa em questão fala e escreve num inglês que roça a perfeição. Pensei "OK, vale a pena investir num curso intensivo de inglês, mas não vale a pena saber escrever português... right!"

Não quero com isto dizer que eu tenho um português perfeito. O português é demasiado complexo para que eu nunca tenha dúvidas e não cometa um erro ocasional. Lembro-me de teimar com a minha mãe para saber porque é que, se se diz "MUINTO" se escreve "MUITO". Perdi a conta das vezes em que fico com dúvidas sobre a forma como se escreve determinada palavra ou se conjuga um ou outro verbo. Mas acredito que, de uma forma geral, escrevo sem erros. Quero dizer que me esforço para escrever correctamente a minha língua. E se eu consigo, qualquer um o consegue.

Como portuguesa - e orgulhosa de o ser - penso muitas vezes que não merecemos o país e a língua que temos. Ou será que deveria escrever "Não mereSSE-MOS a língua que temos?" :)

12 comentários:

Barba Ruiva disse...

Pois... pois... Uma triste realidade.
Pessoalmente, não no messenger ou em comunicações rápidas, mas em posts em fórums e noutros locais onde há tempo para escrever correctamente, ignoro todos aqueles que não se dão ao trabalho de escrever como deve ser... Se me aparecem com 'k' e 'x' em vez de 'q' e 's', não há resposta para ninguém, ou às vezes, mando algo que não se compreenda mesmo... A bem da ironia.
Parabéns pelo post e pelo esforço na escrita.

McBrain disse...

2 calinadas famosas que me lembro por chat:

uma no ICQ, em 2002: após várias frases em que uma pessoa usava constantemente um "fos-te", "vis-te", etc., e após repreensão minha, tem a seguinte saída: "pronto, ganhas-te" :)

outra no grande moosaico,
à hora do jantar:
[X]: Então, já comes-te?
[Y]: Não, ainda não me comi.

:)

Anónimo disse...

Tanta merda com os erros ortográficos de outrora e hoje em dia escreve-se ainda pior.

Tipo:
Vc têm a mania k são gandas gajos...

Pois vos digo que não é a escrita que mostra o potencial das pessoas, mas sim o modo como elas se exprimem e raciocinam. Vão dar uma curva para qualquer lado, e da próxima que eu encontrar um post sobre o MOosaico, espero bem que seja a divulgá-lo na positiva.

Merda de gajos que não tem inteligência nenhuma. Bah Foda-se, não há quem os ature.

McBrain disse...

Tens razão, caro Anónimo.

N kompriendi o k krias dixer.

Mas pareceu-me que serias um envolvido numa destas calinadas!

Caren diLima disse...

Olá!! Sou brasileira, moro no Rio Grande do Sul, Brasil!! Falamos em português aqui,mas um tanto quanto "diferente"... Encontrei este Post por acaso, pois quando tenho dúvidas na hora de escrever alguma palavra a lanço no "Google" e verifico a forma correta de escrevê-la!! Hoje lancei "costume ou custume", e vim parar aqui! :-)

No início estava achando meio estranho o texto, pois achava que se tratava de um Blog brasileiro, só depois percebi que não!! E de estranho passei a achá-lo muito interessante!!!

Também procuro escrever corretamente, inclusive tenho uma irmã que é professora de Português (Português daqui).

Também tenho um Blog, chamado *CA* So KISS ME, e também não tem um assunto específico, mas tudo o que escrevo é com muito coração!! Gostaria que o visitasse, seria bem legal ter esta comunicação internacional. O que você acha?? Ficarei esperando!!!! Abraços!!

By Caren diLima

Anónimo disse...

rir às gargalhadas?? tá certo isso?

Anónimo disse...

Tambem encontrei este blog porque tinha duvidas de como se escrevia costume e como gosto de escrever correctamente fui pesquisar. Hoje em dia so nao se auto corrige quem nao quer. Gostei do blog.
Mapuata

Anónimo disse...

Sou brasileira e vim parar aqui por acaso. Também odeio erros gramaticais e sou bastante chata em relação a isso.
Aqui no Brasil os erros mais comuns são "concerteza", "ancioso", "de mais", "denovo", pessoas que erram os por quês, entre MUITOS outros...

Enfim, boa sorte com o blog! Xxx

Anónimo disse...

Fala tanto dos erros dos outros, mas mete uma loucura escrevento "correctamente".
Não que esteja errado, mas esse uso é exclusivo de portugal.
Aqui no brasil o certo é corretamente, sem mais nem nem menos meu caro.

AS disse...

Caro anónimo do dia 12 de Julho:
Só para o esclarecer em vários pontos:
- Uma vez que sou portuguesa, escrevo conforme a minha língua, não me importando se a forma como escrevo é exclusiva de Portugal. Portanto não vejo qual a loucura que cometi.
- Nunca disse que não dou erros. Apenas disse que tento evitá-los e que não gosto deles. Os exemplos que dei são casos que me tiram do sério.
Por fim, obrigada pelo seu comentário. Tenha uma boa tarde.

Anónimo disse...

Td eh permitido na comunicação, uma vez que quem domina a "língua" eh o falante da mesma e o que está errado hj pode está certo amanhã e o que está certo hj pode nem existir, e, para que isso aconteça se faz necessário o uso da "língua" pelo falante, certo ou errado...

Carlos Dourado disse...

Usando uma frase um inglês que li hoje: "Grammar: the difference between knowing your shit and knowing you're shit" :D